Headcount: o que é e como torná-lo ainda mais proveitoso

escritório com computadores e mesas de madeira

O termo headcount é o nome dado ao indicador de RH que representa a quantidade de colaboradores que fazem parte de uma empresa. Parece algo simples, mas essa informação pode ser utilizada de maneira estratégica para gerir o negócio.

Uma das possibilidades de uso do headcount é analisar se o resultado atende ou não às demandas da companhia. Trata-se de uma análise importante, pois possibilita identificar, por exemplo, se há sobrecarga de trabalho a partir da relação entre o total de colaboradores e tarefas.

Continue a leitura e saiba mais sobre headcount. Descubra como torná-lo ainda mais proveitoso para a sua empresa!

O que é headcount?

É cada vez maior a atenção dada à gestão de pessoas por parte das empresas. Elas sabem que uma equipe de colaboradores satisfeitos, felizes e motivados é capaz de alcançar resultados incríveis e trazer benefícios à organização.

Por esse motivo, o RH deve se preocupar em fazer uma gestão de pessoas cada vez mais estratégica e funcional. Um dos caminhos para viabilizar isso é o uso de indicadores como o headcount — que significa contagem de cabeças.

Ele representa a quantidade total de colaboradores que fazem parte da sua empresa e, por meio dele, é possível montar estratégias escaláveis, tomar decisões e se manter bem-informado sobre outros números e indicadores de RH.

Qual a importância dele para as empresas?

Monitorar o headcount tem muitos benefícios e todos estão em torno da obtenção de informações precisas e atualizadas sobre sua equipe. Permite ainda alinhar isso ao planejamento estratégico e gestão orçamentária.

Os colaboradores formam o principal pilar de crescimento da companhia. Sendo assim, acompanhar o headcount possibilita fazer uma melhor gestão da folha de pagamento — algo no qual tudo pode dar errado se não for bem feita.

Se a sua empresa deixa de conceder um determinado valor para o dissídio ou a demissão de um colaborador, ela pode sofrer severas penalizações no caixa. Por isso, acompanhar a quantidade de profissionais ajuda a equilibrar financeiramente o negócio.

Mas precisamos ainda ir além e olhar o mercado. A economia desafia os empresários e aumenta cada vez mais a quantidade de concorrentes. Sem a contagem de colaboradores, o futuro da empresa é prejudicado.

O headcount permite as seguintes projeções de custos:

  • contratação de trabalhadores para suprir a demanda atual do negócio;
  • necessidade de treinamento para que os colaboradores estejam bem nivelados;
  • definição de salários e benefícios para atrair e reter talentos.

Essas e outras projeções influenciam bastante no orçamento do RH, ajudam nas negociações com a área financeira para a elaboração de uma estratégia que atenda ao orçamento empresarial.

Encargos como INSS, FGTS, horas extras, comissões, férias e décimo terceiro fazem parte do orçamento e precisam ter seus cálculos feitos de maneira exata. O mesmo acontece com benefícios como vale-transporte, vale-refeição, vale-alimentação, previdência privada, bolsas de estudo e outros.

Outro ponto importante do acompanhamento do headcount, é a identificação de necessidades como o preenchimento de lacunas de conhecimento, habilidade ou competência. Para sobreviver ao mercado, ele exige dinamismo e profissionais cada vez mais atualizados.

pessoas planejando estratégias com post it
Por mais simples que pareça ser, o headcount auxilia na determinação de fatores muito importantes para as organizações.

A simples adoção de uma nova ferramenta ou a criação de um produto já obriga sua empresa a buscar atualização. Destinar verbas para isso permite mantê-la competitiva e preparada para enfrentar as demais.

O treinamento e a capacitação de colaboradores também contribui com a estratégia de longo prazo de sua organização. Para que todos estejam aptos a suprir necessidades futuras, é preciso investir em melhorias desde já.

Como é feito o headcount?

O planejamento do headcount deve considerar alguns pontos. São eles:

Liste os objetivos e desafios do negócio

Considere todos os desafios enfrentados pela empresa e experimente expandi-lo para o segmento no qual atua. Estude o mercado para saber se a demanda é crescente ou decrescente e liste também os riscos e oportunidades que afetam seus objetivos.

Faça uma avaliação de desempenho

As necessidades futuras do seu negócio o levarão a entender quais habilidades e competências devem ser adquiridas no momento. Para tal, é preciso fazer uma avaliação de desempenho e preparar a companhia para capacitar alguns profissionais e contratar outros.

Elabore um planejamento e solicite a revisão da controladoria

Qualquer planejamento orçamentário de gastos com colaboradores deve estar alinhado com os objetivos da companhia. Garanta isso! Considere contratações, desligamentos, benefícios, salários e encargos.

Observe que a partir de uma simples contagem de cabeça é possível contribuir com um planejamento sustentável que possibilita as melhores tomadas de decisão.

Vale destacar que o headcount não precisa ser feito manualmente. Com a ajuda de um software, como o sistema de gestão de RH da 2easy, é possível acompanhar em tempo real esse e outros indicadores.

Por meio dele, você consegue fazer a gestão de:

  • folha de pagamento;
  • benefícios;
  • cargos;
  • salários;
  • medicina e segurança do trabalho;
  • ponto eletrônico;
  • treinamento e desenvolvimento;
  • recrutamento e seleção de pessoas;
  • processos trabalhistas;
  • avaliações de competência e desempenho;
  • orçamento de pessoal;
  • quadro de vagas;
  • indicadores de RH.

botão fale conosco

Conheça essas e outras vantagens do sistema de gestão de RH da 2easy e aproveite ao máximo os benefícios do headcount. Entre em contato com a 2easy para conhecer melhor os serviços e produtos que auxiliam a parte operacional do seu RH!

Deixe o seu comentário